MULTI E WATCH BRASIL SE UNEM E LANÇAM NOVA PLATAFORMA DE STREAMING

A mercado nacional de video on demand (VOD) acaba se ganhar um novo player. Trata-se da Multi+, plataforma de streaming que nasce da parceria entre a Multilaser, uma das maiores empresas brasileiras do segmento de eletroeletrônicos e de suprimentos de informática e a Watch Brasil, hub de conteúdo que oferece aos provedores de serviços de Internet a alternativa de disponibilizar para suas bases assinaturas de séries e filmes dos maiores e melhores estúdios do mundo. O projeto consumiu investimentos superiores a R$ 20 milhões e chega com uma vantagem competitiva frente aos demais players, pois a Multi+ já virá embarcada nos dispositivos móveis da marca Multilaser.
A nova plataforma também chega para embaralhar ainda mais as cartas de um mercado em franca expansão. Nos estados Unidos, por exemplo, o segmento de VOD já superou os espectadores da TV por assinatura, de acordo com relatório da Nielsen, realizado em julho deste ano. Por aqui, a realidade é equivalente. Uma pesquisa realizada pela consultoria de negócios KPMG, em 2021, constatou que 86% dos entrevistados tinham acesso a estes serviços. E destes, mais de 70% dos disseram acessar dois ou mais serviços de vídeo por streaming. De olho no potencial deste mercado, nos últimos três anos, vários players de peso desembarcaram por aqui como Disney+, HBO Max e Starzplay, sem mencionar os segmentados, como Darkflix, Mubi, LGBTFlix, Wolo TV, UOL Play, SPCine, entre outros.

Portfólio

”Estamos muito animados com mais esta parceria com a Watch. O Multi+ chega para endossar nosso compromisso em levar todas as coisas que carregam tecnologia a um preço justo para os brasileiros que, cada vez mais, buscam usar seu dinheiro de forma consciente”, afirma Alexandre Ostrowiecki, CEO da Multilaser. Vale destacar que o Multi+ chega ao consumidor final com combos que cabem em todos os bolsos, variando entre R$ 9,90 a R$ 129,90. A expectativa é chegar a 2 milhões de assinantes até o final deste ano. Para se ter uma ideia da ambição deste número, basta dizer que a gigante Netflix, segundo dados oficiais da própria empresa, atingiu 2,4 milhões de assinantes apenas no terceiro trimestre de 2022, depois de mais de uma década de operações no país.
No portfólio da Multi+ pode ser encontrado todo o de conteúdos da Watch Brasil, que contabiliza mais de 11 mil horas de produções multimídia, mais de 50 canais lineares e pacotes com HBO Max, DGO, NSports, Stingray e UOL. A nova plataforma contará ainda com a possibilidade de acesso a uma banca completa online e offline – com centenas de revistas, como IstoÉ, IstoÉ Dinheiro, Caras, Women’s Health, Contigo, Corpo a Corpo, TodaTeen, Recreio, Guia Astral, Casa & Decoração, Motor Show e Auto Fácil, além de jornais como Gazeta de S. Paulo, O Dia, Lance!, entre outros – bem como os conteúdos da Paramount+, Universal e Warner Bros. “Se somarmos os conteúdos da plataforma aos do marketplace, como HBO Max e DirectTVGo por exemplo, estamos falando de 30 mil horas de conteúdo disponíveis”, explica Maurício Almeida, CEO e cofundador da Watch Brasil.

A União faz a Força

O relacionamento que resultou nesta parceria é recente, teve início apenas no ano passado quando a Watch Brasil iniciou uma colaboração a Multi PRO, marca do grupo Multi, que surgiu em 2017 e oferece uma extensa gama de produtos para atender as necessidades do mundo ISP (Internet Service Provider). Os frutos vieram rápido e com eles a ideia de ampliar os negócios em comum. Assim, em março de 2022, a Multilaser fez um aporte na Watch que desde então triplicou de tamanho, ampliando a sua folha de pagamento de 30 para 90 funcionários.
A nova plataforma estreia na sequência do anúncio de rebranding da marca Multilaser, que após 35 anos de mercado, passa a ser chamar apenas Multi. Com mais de 5 mil produtos em seu portfólio, que vão de telas a motos elétricas, a companhia segue firme no propósito de aumentar a sua capilaridade no cenário nacional e a nova parceria é parte importante deste plano de crescimento. Mas, do outro lado da tela, quem ganha mesmo é o espectador que agora conta com mais uma possibilidade para o acesso de conteúdos exclusivos, por preços convidativos.

Rush Video – Ideias em movimento.