Conforme prometido no artigo anterior, falarei um pouco sobre um novo desafio.
Os desafios nos faz crescer, seja profissional ou pessoalmente e aqui na produtora de vídeo Rushvídeo não é diferente, queremos sempre ser desafiados.
Com esse perfil, eles sempre surgem, e dessa vez fomos desafiados a mostrar as características de um produto, em um vídeo institucional, somente utilizando imagens,trilhas e letterings, sem uma locução narrativa, detalhe mais uma vez para o prazo, pois o cliente teria que apresentar o vídeo no prazo de 10 dias em uma feira corporativa.
Esse tipo de vídeo, conhecidos como teaser, é um vídeo institucional curto e que instiga o público a querer saber mais sobre um produto ou uma marca, é um tipo de comunicação cada vez mais utilizada por agências de publicidade e de marketing digital, que utilizam as redes sociais como veículo para atingir o seu público alvo.
Para esse formato de comunicação ser produzido requer um outro tipo de desenvolvimento de roteiro, pré-produção, produção e pós-produção, pois não temos a ancoragem de um apresentador ou da voz de um locutor para reforçar as imagens que serão visualizadas.
Dessa forma, iniciamos o projeto com uma tradicional, mas imprescindível, reunião de briefing entre a equipe da Safetline e da Rushvídeo.
Após as definições preliminares, iniciamos o desenvolvimento do roteiro do vídeo, processo já relatado em artigos anteriores, que dessa vez ficou sob minha responsabilidade.
O roteiro foi dirigido para que nenhuma pessoa fosse identificada no vídeo, esse cuidado foi tomado pois temos inúmeros casos de cliente que tem seus vídeos desatualizados precocemente por conta da saída de um colaborador que se destacou no vídeo. Outro problema que pode surgir pela utilização de funcionários em vídeos, são processos judiciais pelo uso indevido da imagem. Esse é um tema que abordaremos em artigos futuramente.
Assim, o roteiro foi elaborado com esse formato, as cenas seriam gravadas, em sua maioria, em detalhe das cenas. Como o produto a ser destacada era um calçado, as cenas seriam gravadas com a câmera bem próxima ao solo, ou até mesmo nele. Durante o roteiro já comecei a relacionar os equipamentos que serão necessários para uma perfeita captação de imagens, vocês saberão quais utilizamos no próximo artigo onde relatarei o dia de gravação do vídeo.
Com o roteiro pronto, enviei ao departamento de marketing da Safetline para aprovação. Após pequenos ajustes, agendamos o dia de gravação e iniciamos os preparativos que relataremos no próximo artigo.