Será que ainda dá tempo ?
Por Toni Ferreira
Como relatei no artigo anterior, em 2006 iniciamos a produção de um material didático para o Serviço Autônomo de Água e Esgoto da cidade de Itú. Foi um trabalho muito gratificante, o povo de Itú foi muito receptivo,  nossa equipe gravou cenas para os vídeos em diversos pontos da cidade, em escolas, praças, mananciais e pontos turísticos. O vídeo de ficção conta a estória de 2 personagens, ainda crianças, uma menina com um consciência ambiental e um menino que por desconhecimento, não percebe que ao jogar um frasco em um manancial prejudica a qualidade da água. O terceiro vídeo, é um desenho animado para o qual o roteiro do vídeo de ficção foi adaptado, é o mesmo argumento com algumas variantes. Após o material todo finalizado, foi montada uma equipe com pedagogos para que o material atingisse o seu objetivo, que era conscientizar as crianças e adolescentes, e fazer desse multiplicadores desses conceitos. Além dos vídeos sentimos a necessidade de algo a mais para as oficinas, desenvolvemos então um jogo de tabuleiro. As crianças receberam os jogos e se divertiam aprendendo, pois quando paravam numa casa onde provocavam uma queimada por exemplo, tinham que voltar um numero de casas e quando economizavam água recebiam bônus e avançavam outras mais. Cada escola visitada pelo projeto recebeu um cópia de todos os vídeos para que fossem projetados e discussões fossem fomentadas sobre o tema.
Somente o tempo poder nos dar a resposta para a pergunta que finalizou o artigo anterior, mas com certeza atitudes precisam ser tomadas e todos, mas todos mesmo, temos que ter a consciência de nossa responsabilidade individual e coletiva nesse processo. Enquanto continuarmos vendo cidadãos jogando objetos dos veículos que estão usando, sejam eles públicos ou particulares, tenho a certeza de que esse quadro está cada vez mais distante de ser solucionado.
Eu continuo fazendo a minha parte. E você está fazendo a sua ?
 
Rushvídeo: Ideias conscientes em movimento!