Streaming de vídeo cada vez mais torna-se uma amostra do futuro da telefonia celular.

Streaming de vídeo

 

Por Toni Ferreira

 

Tenho abordado com frequência a questão do avanço tecnológico, e como esse avanço influencia no mercado de vídeo, no dia a dia das produtoras de vídeo e no mundo corporativo em geral. Dessa forma tenho que falar sobre a tecnologia de streaming que vem se tornando a cada dia uma ferramenta mais e mais atrelada ao vídeo e ao áudio.

Esse formato de transmitir eventos corporativos e reuniões de negócios, tornou-se corriqueiro e está sendo popularizado através de sites gratuítos que oferecerem essa tecnologia, o próprio Google por exemplo, oferece o serviço free de Hangout que é uma plataforma de mensagens instantâneas e chat de vídeo desenvolvido pelo Google. Essa plataforma de serviços foi lançada em maio de 2013, durante a conferência de desenvolvedores  Google. Ele substitui três produtos de mensagens que o Google havia implementado simultaneamente nos seus serviços, incluindo o Google Talk, Google+ Messenger e o Hangouts, um sistema de vídeo chat presente no  Google+.1 O Google também afirmou que o Hangouts é projetado para ser “o futuro” do seu produto de telefonia, o  Google Voice, e integrou algumas das capacidades do Google Voice no seu Hangouts.2 O serviço também integra mensagens SMS e MMS nas versões para Android e IOS.

Dessa forma vemos que o futuro do vídeo está cada vez mais ligado a evolução da rede mundial de computadores integrado com os mobiles, vai fechando cada vez mais o cerco e apontando para um futuro próximo onde as pessoas falarão usando vídeo pelos seus celulares de forma a substituírem as chamadas telefônicas usadas atualmente. Assim temos as tecnologias 3G, 4G que evoluem simultâneamente para que isso possa acontecer, mas uma coisa é certa o vídeo faz cada vez mais parte do cotidiano das pessoas e do mundo corporativo.

 

Rushvídeo: Ideias em movimento!